quinta-feira, 23 de março de 2017

Os 13 melhores restaurantes de carne do mundo

Nunca uma matéria foi tão contemporânea e atual. O jornal britânico The Telegraph publicou nestes dias uma lista de 13 restaurantes onde é possível comer os melhores pratos de carne do mundo.
A lista não foi pensada como uma classificação em ordem de mérito, mas apenas como uma relação onde não tem ganhadores e sim 13 lugares empatados, cada um com as próprias características. 

Vamos ver então no que deu.

- Caprice, Hong Kong, China: 2 estrelas Michelin, localizado dentro do Four Season Hotel de Hong Kong. Famoso por ter servido em 2015 o prato de carne mais caro do mundo, uma costela de boi hibernada por 15 anos e descongelada com um jato de ar frio a 60km por hora, resultando numa carne macia e saborosa. A brincadeira custava U$ 3.200. Já hoje o menu degustação (que inclui vários pratos de carne) neste restaurante custa U$ 700.

- Beefsteak Kawamura, Tóquio, Japão: este premiadíssimo restaurante oferece o que é considerado o melhor corte de carne do mundo, o famoso Kobe beef, renomeado por seu sabor, textura macia e cor marmórea (gordura entremeada). Também é bem caro: um bife de 120 g custa cerca de U$ 150.

- La Maison de L'Aubrac, Paris, França: paraíso dos carnívoros parisienes, este restaurante (logo perto dos Champs-Élysées) serve os mais famosos cortes da França 24 horas por dia. Entre as especialidades, a carne de raça Aubrac, considerada a melhor e mais preciosa do país.

- El Capricho, Leon, Espanha: templo da carne espanhola, no vilarejo de Jimenez de Jamuzis, o chef José Gordon cria os gados na própria fazenda por um tempo mais longo que o usual (cerca de 5 anos) e deixa maturar a carne por 90 dias para enaltecer o sabor.

- La Cabaña Las Lilas, Buenos Aires, Argentina: velho conhecido dos turistas brazukas (inclusive pertencente ao grupo brasileiro Rubayiat) na capital porteña. A carne procede diretamente das fazendas dos proprietários do restaurante e é grelhada soberbamente na brasa. Entre os pratos mais famosos o ojo de bife e o bife de lomo, mas também o porco servido com cebolinhas e laranja.

- Gibson’s Steakhouse, Chicago, EUA: já eleito o melhor restaurante de carne dos Estados Unidos serve apenas carnes procedentes de gados alimentados exclusivamente com milho e maturadas por 120 dias. Além da qualidade é famoso também por suas porções bem generosas.

- Moishes, Montreal, Canada: fundado em 1938 por um imigrante romeno, o restaurante se tornou um dos mais celebrados e exclusivos do país. Só trabalha com os melhores cortes certificados. Entre seus hospedes famosos, Robert de Niro e Penelope Cruz gostam de marcar presença por ali.

- La Cabrera, Buenos Aires, Argentina: mais um hot-spot para los hermanos. Localizado no bairro de Palermo, serve mais de 24 cortes de carne orgânica que o torna o "santuário" dos puristas da carne. O cardápio oferece também uma enorme quantidade de acompanhamentos.

- Relais de L’entrecote, Geneve, Suíça: presente também em Paris com mais 3 restaurantes, serve apenas a formula clássica do contrafilé com fritas, reproduzida hoje também por aqui em algumas casas do Brasil.

- Hawksmoor, Londres, Reino Unido: considerado o melhor lugar para se comer carne em Londres, a rede de steakhouse conta com 7 restaurantes na Grã Bretanha. A carne procede dos melhores gados criados no país e, apesar da alta qualidade, os preços são razoáveis: um bife de 350 g maturado por 55 dias custa pouco mais que U$ 20.

- Aragawa, Tóquio, Japão: mais um da capital do Sol Nascente. Desde sua fundação em 1967, o restaurante serve apenas cortes de gados da raça pura Tajima (uma das mais nobres do país) criados em fazendas próprias por 28 meses. Mas não se deixe enganar pela decoração modesta do local, pois a conta vai ser bem salgada.

- CUT, Londres, Reino Unido: localizado no Hotel Dorchester da capital inglesa, o premiado restaurante serve sensacionais cortes de carnes locais e importadas, sendo a de Wagyu o carro-chefe da casa. Uma magnífica carta de vinhos e um serviço impecável fecham o quadro deste badalado endereço londrino.

- Antica Osteria Nandone, Scarperia e San Piero, Itália: last but not least, o meu país! Quem acha que a Itália não tem carne de boa qualidade está enganado. A raça mais nobre é a Chianina e o prato mais típico é o famoso bistecca alla fiorentina. Neste restaurante no interior de Florença a carne é preparada logo na sua frente e é tão macia que se corta com uma colher.



Vale ressaltar que esta é a mera opinião do The Telegraph, que sendo subjetiva é opinável e contestável. Eu, por exemplo, senti a falta de representantes das muitas excelentes churrascarias brasileiras... não sei dizer se a matéria foi influenciada pela polêmica investigação da PF ou se, independente disto (e como acontece frequentemente) o Brasil acabou sendo “esnobado”...

Enfim, de qualquer forma a lista serve como um guia, traçando as principais diretrizes ao redor do planeta. E você, tem algum bom endereço do gênero (no Brasil ou no resto do mundo) para acrescentar?


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...